08 dezembro 2012

MAPAS – Supostos mapas da Terra

todo credito desta materia para : http://arautodofuturo.wordpress.com/2012-antes-durante-e-depois/mapas-supostos-mapas-da-terra/

Os comentários desta páginas estão suspensos pela moderação.

SUPOSTOS MAPAS

Supostos mapas da Terra durante e após a transição.

“Estejais preparado para o pior,

espere sempre o melhor

e receba o que vier”

ditado zen.

Uma consideração importante:
Estes mapas são uma ‘suposição’ de como a Terra pode vir a ser modificada com os diversos eventos de ‘ajustes’ que vem ocorrendo com maior constância nos últimos anos, são observações das tendências da natural geologia da Terra, que como um organismo vivo está em constante mutação, e nós reconhecemos essa mudança observando sua manifestação como terremotos, vulcões, tempestades e outros cataclismos.
Mas isso não é o ‘apocalipse’, o ‘arrebatamento’, ou o ‘fim do mundo’ como muitos andam desejando.
O ‘mapa’ mais exato será sempre aquele que o coração desenhar, e nem sempre aponta um lugar ‘físico’. De toda maneira é um alerta para que aprendamos a confiar em nós mesmos e seguir o caminho que nosso coração mandar, este é o único ‘mapa’ confiável e que tem fundamento. Confie, cada um está exatamente onde deve estar.

Siga o mapa do seu coração e a orientação da sua intuição, se existe alguma orientação ou mapa a seguir, a coerência entre o seu coração e a sua intuição sempre serão os melhores ‘mestres’ a indicar o SEU caminho.

2012 é uma data simbólica que marca uma transição planetária, mas isso não significa que seja a morte ‘física’, nem o ‘fim do mundo’, talvez a morte ou o fim de alguns conceitos e paradigmas que não serão mais uteis para essa maravilhosa juventude que vai herdar o futuro da terra. Não tema, CONFIE.
Você pode escolher ficar preocupado e gastando sua energia com ‘pré-ocupações’ ou escolher agir, ocupar-se em melhorar o mundo que está ao seu redor, da maneira que você puder, começando a mudar dentro de você, sendo CONFIANTE que você está aqui para um propósito e não vai ‘morrer’ antes que o tenha cumprido. Até porque a morte como nos foi ensinada NÃO EXISTE!
A Inteligência que lhe deu a vida sabe o que é melhor para cada um de nós, CONFIE que você está sempre no lugar onde deve estar, e assim será. Não existe ‘erros’ para o Universo, tudo está e acontece exatamente como tem que ser.
Também não existe ‘área segura’, a segurança é uma ilusão, uma invenção que faz muitas pessoa ganharem dinheiro vendendo algo que não existe: apólices de seguro.
O único lugar onde você deve procurar abrigo e segurança real é dentro do seu coração. Só aí há segurança.
As hipóteses servem para que as pessoas se preparem, mas a preparação vai na direção do desapego, do entendimento, da ‘autoexploração’ interna.
O mundo vai mudar. É verdade. Já está mudando, e o sofrimento é o resultado da não aceitação desta mudança.
Algumas serão mudanças na ‘geografia terrestre’ e esta já está acontecendo a muitos anos e continuará a acontecer, mas as mudanças verdadeiras não são ‘físicas’ ou ‘ palpáveis’ como muitos gostariam, e são estas as realmente ‘importantes e marcantes’ .
arauto do futuro

ATENÇÃO:

Caríssimos leitores,

Após o no Japão em 11/03/2011, o número de visitas a este post aumentou consideravelmente, e estamos recebendo inúmeros comentários solicitando mapas específicos, lamento informar que eles NÃO existem.

Não temos “mais mapas” ou “mapas detalhados por região”, todas as atualizações e mapas que conhecemos estão reunidos aqui nesta página e, é aqui que atualizaremos se houver ‘outros’ mapas, e tenham estes mapas como uma ‘curiosidade’, pois se alguma mudança ocorrer, além de todas as que já se observa e que não são poucas,  será impossível prever o local, ou como acontecerão.

Ainda assim, pedimos que PRESTEM ATENÇÃO às datas das postagens que são de 2007, então não é de hoje que vários blogs alertam quanto as possibilidades que agora em 2011 estão se manifestando.

Os mapas que aparecem a seguir são recolhidos da internet e sua maioria são fruto de canalizações, de  antigos profetas , ou atuais ‘canalizadores’. E como avisa o recado antes de cada mapa: NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.

Porém, aos olhares mais atentos e ao leitor que não se satisfaz com pouco, poderá encontrar que todo o ‘blog’ Arauto Do Futuro é um mapa, que desde outubro de 2008 até este momento conta com mais de 1200 postagens, e nada aqui está publicado ‘ao acaso’, tudo tem um ‘por que’ e ‘para quê’ que podem estar oculto neste momento.

E, que, ao sabor do sábio e irrevogável Tempo, Desvela-se.


Atualização mais recente, em: 15/03/2011
Atualização anterior em: 11/01/2010


Supostos Mapas

pós-transição – continentes

Previsão em Mapas de como poderia ficar o planeta após transição.


Image Cut - 1A Image Cut - 1B Image Cut - 1C
Image Cut - 2A Image Cut - 2B Image Cut - 2C
Image Cut - 3A Image Cut - 3B Image Cut - 3C
Image Cut - 4A Image Cut - 4B Image Cut - 4C

North America South America Africa Africa-MiddleEast China
Europe Northern Europe India - Indonesia Russia Australia - New Zeland

If you wish to purchase these maps, go to http://www.matrixinstitute.com/store/


Clique nas imagens para ampliar.
Créditos do post : mídia e profecia
Para ver e ler na fonte: http://midiaeprofecia.blogspot.com/2007_06_27_archive.html

Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.

São de interessante verificação, mas sempre lembro que

NÃO SE PODE AFERIR

CERTEZA A ESTES MAPAS.


EUROPA
Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert, disponível no site Fim dos Tempos.Embora com grandes diferenças dos Mapas Mundi, o mapa abaixo demonstra uma coisa em comum com todos eles : o quase desaparecimento da Europa.
Suposto Mapa da Europa pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.
Destaco novamente a questão de Portugal.
Notem que em todos os Mapas Mundi, assim como nestes acima, apesar de a Europa praticamente desaparecer ou tornar-se inabitável (segundo o 2º Mapa), terras portuguesas aparecem seguras em parte ou no todo. Isso me lembrou muito o comentário feito a Lúcia, de acordo com seu próprio registro, sobre a aparição em Fátima, quando Nsa.Sra. lhe revelou o 2º segredo, e a certo ponto dizia Em Portugal se conservará sempre o Dogma da Fé”.
ASIA  
Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert. As diferenças entre este Mapa e os demais Mapas Mundi são novamente evidentes, mas o ponto em comum reside no fato de boa parte das terras da Ásia se manterem habitáveis.
Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.

Acredito que como este autor tem um método de percepção diferenciado, no sentido de pretender indicar ameaças químicas, biológicas e nucleares, faz sentido indicar a Ásia, assim como quase a totalidade da Europa e do EUA, como áreas impróprias a vida humana, devido principalmente a possibilidade de uma guerra nuclear.
AFRICA

Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert.
As diferenças entre este Mapa e os demais Mapas Mundi são novamente evidentes, mas o ponto em comum reside no “chifre da África”.

OCEÂNIA

Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert.
Talvez seja este Mapa o mais conflitante depois do Mapa do Brasil, dada as diferenças entre ele e os demais Mapas Mundi.

Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Dennis Bossack. O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.

Não deixe de ver os demais posts sobre o tema “Mapas”.
(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Supostos Mapas pós-transição – EUA

(clique nas imagens do Blog para amplia-las)
Imagens retidadas da Seção PHOTOS da MidiaeProfecia, e dão sequência ao tema Supostos Mapas Pós-transição.
Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.
São de interessante verificação, mas sempre lembro que NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.
EUA
Nota-se de forma geral o colapso das duas grandes falhas geológicas do EUA, a de San Andreas no Oeste, e mais ao Centro a de Nova Madrid.Sobre o colapso da Costa Oeste, além de haver evidências na forma da própria falha de San Andreas (e outras) e na forma de atividade sísmica e vulcânica regular, profeticamente vários videntes afirmam que esta região sofrerá um colapso e cairá no Oceano Pacífico, sendo o mais conhecido Edgar Cayce.Sobre a Costa Leste, dispensável comentar sobre a série de vidências que afirmam, dentre outras coisas, que Nova York será destruída pelas águas, mas chamo atenção para a Flórida, que nas imagens a seguir aparece inundada totalmente ou parcialmente, dependendo do autor. Segundo a tradição profética dos índios Seminoles, originários da Flórida, isso de fato ocorrerá. Reza sua tradição que o Instimo mergulhará no Oceano.
Supostos Mapas do EUA pós-tribulação, de Gordon Michel Scallion.
A primeira imagem é bem mais detalhada que a segunda imagem, logo a seguir.

Ainda de GM Scallion, neste Mapa é possível ter uma visão mais detalhada da região, englobando o México, o Canadá, as Antilhas, Caribe e norte da América do Sul.
Chamo a atenção para as novas terras que surgem na Costa da atual Flórida, uma grande porção de terra na Costa Leste do EUA.

Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Ashton Prite.
As semelhanças são evidentes, e chamo a atenção para a datação das supostas mudanças, ou seja, até 1999.
Datação de profecias quase sempre se mostram errôneas, embora nem sempre a profecia ou vidência seja um erro.

Suposto Mapa do EUA pós-tribulação segundo a autora da controversa obra, “Conversas com Nostradamus”, Dolores Cannon.
Segundo a autora, teria obtido informações sobre as Quadras e sobre futuros acontecimentos, diretamente de Nostradamus, através de processo de vidência ou semelhante.Seu Mapa é bastante radical ao indicar mudanças, pois somente as áreas negras seriam as terras emersas que restariam do EUA.
Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Doris Abrahamsen.
As semelhanças comentadas no início são evidentes.
Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Chet Snow.
Embora com detalhes diferentes, novamente podemos ver a Costa Oeste, Nova Madrid e a Flórida como pontos principais. Neste Mapa também é possível ver a inclusão de terras aonde fica hoje o Caribe, o que o autor chamou de “New Atlantis”. Estas novas terras também estão presentes nos Mapas de GM Scallion (acima e Mapa Mundi), e em pelo menos um dos outros supostos Mapas Mundi.
Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Autoria não-identificada.
As áreas demarcadas em amarelo, com a letra D, significam DEPTHLY (algo como Afundado, No fundo).
Embora de forma diferente, novamente os três principais elementos estão presentes.
Supostos Mapas do EUA pós-tribulação, de George Shaffer.
O menos radical de todos, mas ainda assim ressalta mudanças no Oeste, no Leste e no Centro do EUA. Também na Costa do Texas e Flórida, mostrando também supostas mudanças no Alasca.
Esta Mapa foi criado com base em visões de Shaffer em 2005, e é bem diferente do abaixo, feito em 2002.
Três anos antes (2002) Shaffer teve uma visão e segundo ele, o Mapa abaixo seria uma amostra do que conseguiu perceber em termos de mudanças para o EUA. O desenho é impreciso e tem grandes diferenças se comparado ao desenho posterior e acima.As cores em laranja indicariam áreas que estariam incapazes de manter vida humana por algumas décadas, mas ele não sabe precisar a razão. A área em azul no Alasca, indicaria área tomada pelo Oceano.

Supostos Mapas do EUA pós-tribulação, de Lori Toyle.
No segundo Mapa há marcações em forma de cruz em alguns locais, e segundo a autora, estes locais seriam refúgios seguros durante o processo de alteração da geografia do EUA e do planeta.
Suposto Mapa do EUA pós-tribulação, de Dennis Bossack.
O autor usa um sistema de cores no qual o rosa indicaria áreas inabitáveis, mas os motivos são diversos, como submersão, contaminação química e nuclear. Áreas em amarelo indicariam áreas afetadas, mas passíveis de serem habitadas com risco. Áreas brancas indicariam áreas efetivamente seguras.


Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert,
disponível no site Fim dos Tempos. É bastante diverso dos demais, e como o de Dolores Cannon e o de Dennis Bossack, é bastante radical ao indicar mudanças.

Segundo este desenho, praticamente nada restaria na América do norte, o que é de alguma forma parecido com o Mapa Mundi de Trigueirinho. Embora aquele Mapa demonstre a existência de mais terras emersas, a concentração destas terras estariam na Costa Oeste e isso não faz muito sentido diante da instabilidade geológica conhecida da região (falhas, terremotos e vulcanismo).
O Mapa abaixo mostra a Costa Oeste destruída, restando apenas o meio-oeste norte-americano, e partes do México.



(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

Supostos Mapas pós-transição – Mapas Mundi

(clique nas imagens do Blog para amplia-las)
Imagens retiradas da Seção PHOTOS da MidiaeProfecia, e dão sequência ao tema Supostos Mapas Pós-transição, iniciados no post do dia 27 de Junho e continuados no dia 28 de Junho.
Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.
São de interessante verificação, mas sempre lembro que NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.
MAPAS MUNDI
Sobre estas imagens, embora todas sejam diferentas umas das outras, vamos notar algumas semelhanças.
A primeira delas que gostaria de ressaltar é sobre o surgimento de um Mar interno na região amazônica, que dependendo do Mapa varia em dimensões, mas está presente em todos.
Outra semelhanças interessantes : mudanças acentuadas do litoral brasileiro, preservação de boa parcela da Região Central do Brasil, terras emergindo na região da Terra do Fogo, o desaparecimento de praticamente toda a Europa, a divisão da África em uma ou duas massas continentais, a submersão de partes da Austrália, mas ainda assim a preservação de boa parte de seu território e o surgimento de novas terras na região, a preservação da Groelândia ou de boa parte dela, o desaparecimento completo do Japão, a preservação da Antártica, e etc… .
Três dos quatro Mapas abaixo, são concordantes em vários aspectos sobre o EUA, notadamente na questão do afundamento na Costa Oeste, Mudanças profundas na Costa Leste, inclusive com o desaparecimento da Flórida. Também são concordantes ao apresentarem colapsos parciais ou totais da Falha de Nova Madrid, localizado na parte centro-esquerda dos Mapas do território Norte-americano. Este colapso resultaria em um mar interno, ou ainda na divisão do continente, ligando o atual Golfo do México aos Grandes lagos.Neste aspecto o Mapa de Trigueirinho é discordante dos demais, e mostra a Costa Oeste do EUA intacta. É também o mais radical em apontar mudanças, notadamente na Ásia e África, e também ao evidenciar que o continente Sul americano passaria a ser dividido em dois, passando esta divisão aonde é hoje o território brasileiro.
Suposto Mapa Mundi pós tribulação, de autoria de Lori Toyle
Suposto Mapa Mundi pós tribulação,de Gordon Michel Scallion.
Suposto Mapa Mundi pós tribulação, obtido por vidência de Trigueirinho.
O mais radical ao indicar supostas mudanças, e o mais dissonante, principalmente na questão da Costa Oeste do EUA. Considerando que a região é um manancial de vulcões e que possue falhas geológicas instáveis e conhecidas, o Mapa não faz muito sentido neste aspecto.

Suposto Mapa Mundi, de autoria desconhecida. Áreas brancas indicam “terras secas” ou terras emergentes.

Um comentário adicional, dos muitos que poderiam ser feitos a respeito do assunto, trata de Portugal. Notem que em todos, apesar de a Europa praticamente desaparecer, terras portuguesas aparecem emersas. Isso me lembrou muito o comentário feito a Lúcia, de acordo com seu próprio registro, sobre a aparição em Fátima, quando Nsa.Sra. lhe revelou o 2º segredo, e a certo ponto dizia Em Portugal se conservará sempre o Dogma da Fé”.Coincidência ou não, lembrei-me do fato e achei interessante comenta-lo.
Não deixe de ver os demais posts sobre o tema “Mapas”.
(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Supostos Mapas pós-transição – Sudeste, Brasil e América Latina

(clique nas imagens do Blog para amplia-las)
Imagens retiradas da Seção PHOTOS da MidiaeProfecia, e dão sequência ao tema Supostos Mapas Pós-transição.
Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.
São de interessante verificação, mas sempre lembro que NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.
REGIÃO SUDESTE
As áreas em azul são indicadas como submersas, as áreas em tom marrom são áreas que oferecem risco. As áreas em vermelho indicam locais altos e supostamente seguros.
As áreas em azul são áreas até 100 Mts., as verdes de 100 a 200 Mts, amarelas 200 a 600 Mts, marrom de 600 a 1000 Mts, vermelhas acima de 1000 Mts.
As anotações, números e pontos indicados no Mapa, mostram a localização das principais cidades da região em destaque.
Concordante com os outros Mapas, pode-se ver que Rio de Janeiro e SP estão dentro da área que será “comprometida”. Mas várias cidades importantes, como Salvador, Santos, Niterói, Campos ou Vitória tb se encontram na mesma situação.
Ao darem o ZOOM na imagem, verão que há uma anotação escrita indicando o ano de 2012. Desnecessário comentar que refere-se ao fim do Calendário dos Maias, mas o significado real da datação deseja assinalar um período pós-transição, não necessariamente 2012.
Não tenho a autoria deste Mapa, e me foi enviado diretamente.
No Mapa abaixo existem anotações, números e pontos indicados no Mapa, mostram a localização das principais cidades da região em destaque, e o esquema de cores indica os Estados da Região.
Este Mapa foi realizado com base em informações de G.M.Scallion, comentado mais a frente, e embora as semelhanças evidentes com o Mapa acima, são de fontes independentes.
Pode-se notar alguns pontos em MARROM, e estes indicam áreas de provável destruição. Notem que BRASÍLIA se encontra em uma destas áreas, o que vem a concordar com os Mapas da pasta BRASÍLIA, disponíveis no post anterior sobre o tema.

BRASIL E AMÉRICA LATINA
Mapa supostamente fornecido por Nossa Senhora ao vidente católico Cláudio Heckert, disponíveis no site Fim dos Tempos.
Na MINHA OPINIÂOeste Mapa se demonstra ilógico ao considerar que a área mais baixa do País, a região amazônica, não seja alagada, e de todos os Mapas que supostamente evidenciam alterações geográficas em nosso País, é o único que mostra a região “intacta”. Em contraponto, mostra a região centro-oeste (alta), submersa.
Fui questionado sobre a questão, no sentido de considerar a possibilidade de a região amazônica vir a se elevar bruscamente, em contraponto ao afundamento da região Central de nosso País.
Sem dúvida, em se tratando de hipóteses tudo é possível, mas vamos considerar que isso venha a ser verdade.
Então este Mapa demonstraria que simplesmente não há qualquer área segura, pois o aumento rápido e de grande amplitude do solo na região Norte, por sí só já seria uma tragédia, inviabilizando enormemente a possibilidade de sobrevivência em qualquer local da região.
Suposto Mapa do Brasil pós tribulação de autoria do vidente norte-americano Gordon Michel Scallion
Suposto Mapa do Brasil pós tribulação, de autoria não-identificada, mas muito similar ao de GM Scallion.
Talvez seja uma cópia, não tenho certeza.
Outro Mapa de autoria não-identificada, mas muito similar aos acima.
Este Mapa, diferente dos acima, pretende demonstrar áreas seguras, e não mudanças geográficas.
Branco indicaria áreas seguras, em cinza claro seriam áreas que oferecem risco e áreas em cinza escura seriam áreas inseguras.
Não tenho sua autoria, e me foi enviado diretamente.

Brasil e Falhas geológicas
O mapa abaixo mostra as maiores e mais conhecidas falhas geológicas do Brasil.Vale a pena perder alguns minutos comparando dados cientificamente aceitos, com as supostas mudanças geográficas evidenciadas nos Mapas exibidos.
OBSERVAÇÃO: Em Março de 2008 foi publicada uma matéria oriunda de um estudo da Universidade de Sydney, na Austrália, em que desenvolveram um mapa que reproduz como eram as bacias oceânicas do mundo há 80 milhões de anos. Neste suposto mapa do passado, o Brasil aparece praticamente “cercado” por água, e basta olha-lo para verificar coincidências com os supostos Mapas pós-transição (de nosso futuro).  
Por exemplo, Flórida submersa, boa parte da Europa submersa e no Brasil a presença de dois grandes braços de mar : um no norte na Bacia do Amazonas, e outro na Bacia do Prata, chegando a região Centro-Oeste. E etc … .
Suposto Mapa-Mundi de 80 milhões de anos atrás


(clique nas imagens do Blog para amplia-las)

Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

Supostos Mapas pós-transição(clique nas imagens do Blog para amplia-las)
Imagens retiradas da Seção PHOTOS da MidiaeProfecia
Este post inicia a divugação de uma série de imagens que pretendem demonstrar futuras alterações da geografia de nosso Mundo, bem como indicar possíveis áreas seguras para permanecer durante este processo.
Algumas destas imagens foram tiradas por mim através de máquina fotográfica, com PERMISSÃO, diretamente dos originais em papel.
Algumas outras me foram enviadas em confiança, para divulgação. E há ainda outras imagens estão presentes pela Internet, e eu apenas as reuní para possibilitar uma visão geral da questão.
As imagens as quais eu fotografei foram feitas em um Mapa em escala, Oficial e do IBGE, em um processo envolvendo mediunidade. Outras imagens que me foram enviadas, foram obtidas através de processo de vidência, assim como a maioria das demais obtidas pela web. Há ainda algumas que foram, supostamente, resultado de instruções diretas de Nsa.Sra..
Podem repassá-las, não tenho restrições quanto a isso, mas recomendo que enviem apenas a quem realmente se interessa pelo tema profético.
São de interessante verificação, mas sempre lembro que NÃO SE PODE AFERIR CERTEZA A ESTES MAPAS.
Para auxiliar, eu coloquei alguma imagens de satelites obtidas através do Google Maps, de forma a tentar facilitar o entendimento das imagens a seguir, e estas imagens estarão entre as imagens com as supostas áreas seguras e inseguras.
Um outro trabalho que eu já iniciei, mas ainda não concluído, é a comparação de algumas destas mudanças com falhas geológicas conhecidas, de forma a fortalecer ou não algumas possibilidades demonstradas pelos Mapas. Quando houverem dados o suficiente para demonstrar algum padrão, ou a ausência dele, eles serão divulgados.
Os Mapas a seguir neste primeiro post, os tirados diretamente por mim com máquina fotográfica, não se pretendem a indicar mudanças, embora o façam indiretamente, mas áreas supostamente seguras para permanecer durante o processo de alteração da geografia de nosso Mundo, e especificamente no Brasil.
Compreendem a área de Brasilia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Espirito Santo e partes da Bahia.
Explicação Geral – Mapas em Escala
Para os Mapas em escala fotografados por mim, a cor Azul indica área “segura”, vermelho área “insegura”, e como se pode perceber, há regiões INSEGURAS inseridas em áreas SEGURAS, e vice-versa.
Áreas preenchidas de negro indicam áreas em que haverá atividade vulcânica, na forma de liberação de gases tóxicos, principalmente.
Em algumas das imagens pode-se notar também a presença de uma linha amarela. Segundo me foi explicado, esta linha marcaria regiões de incerteza. Se tornarão áreas seguras, mas após o processo terminado.
Exemplificando, a linha amarela nos mapas do litoral indicariam até aonde as águas chegariam, antes de recuar. Portanto, embora estas áreas venham a ser tornar seguras, durante o processo permanecer nelas seria bastante perigoso.

BRASILIA
Figura BRASILIA01 (Brasília02, Brasilia05) – o Mapa mostra a cidade de Brasília, o quadrado vermelho, dentro de uma região relativamente segura.
No entanto, como a própria cor demonstra, a Cidade de Brasília e imediações não serão uma área segura.
As áreas em azul, dentro da grande área delimitada em azul são as áreas tomadas como mais seguras. Incluem-se aí a região de Novo Paraíso e outras.
Brasilia01
Brasilia02
Brasilia05
Imagem de satélite da região
MINAS GERAIS
Dá um detalhe da região de MG e sul da Bahia, seguindo o mesmo raciocínio sobre as cores.
mg01
Imagem de satélite da região acima

Mais detalhes de MG, relativo a região central do Estado.O Círculo menor em vermelho e abaixo, refere-se a Juiz de Fora.
mg02
Imagem de satélite da região acima


Detalhe de área segura, noroeste de MG.
mg3
Imagem de satélite da região acima
Detalhe de área segura. Um dos quadrados assinalados na imagem é a Cidade de São Tomé das Letras.
mg4
Mais detalhes da região da imagem acima
mg05
Mais detalhes.
mg06
detalhes da região da imagem MG04, visto por outro ângulo (se vê tb o Espírito Santo, Rio de Janeiro e SP).
mg08
Detalhes de MG, parte norte.
mg09
BAHIA
Indica o litoral sul da Bahia, e toda a região é indicada como insegura.
A área escura assinalada como área seguda é a área da Chapada Diamantina.
Bahia01
imagem de satélite, a direita a Chapada Diamantina
detalhes mais próximos da imagem Bahia01, a Chapada Diamantina (área segura)
Bahia02
detalhes mais próximos da imagem Bahia01 (área insegura)
Bahia03
detalhe de Salvador (área insegura)
Bahia04
imagem de satélite da área acima


detalhe de área segura (Chapada Diamantina)
Bahia05
RIO DE JANEIRO
Detalhe do litoral Sudeste, abrangendo Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo. Esta linha AMARELA, em particular, indica os limites que o oceano deverá atingir, para depois retroceder. Dá pra perceber algumas áreas assinaladas como “círculos em negro” dentro de grandes áreas aonde supostamente será tomado pelo mar. Estas áreas são consideradas seguras, no entanto se tornarão ILHAS e estar nestas áreas representará isolamento total.
O que se entende, de forma geral, é que a Serra do Mar não será um refúgio seguro, embora algumas áreas continuem acima da água. As áreas mais seguras estão após a Serra da Mantiqueira.
rj01
Detalhes da figura acima
rj02
Detalhe entre a Baia de Angra e litoral norte de SP.
rj03
imagem de satélite da região acima

Mais detalhes da figura RJ01. Dá pra ver a grande área segura no centro de MG com nitidez. O Grande círculo vermelho abaixo a esquerda da figura (se vê parte dele), compreende a grande São Paulo. Destaque para as áreas preenchidas de negro, que como dito, seriam áreas perigosas devido a contaminação por gases venenosos.
rj04
A cidade do RJ, a Baia de Guanabara bem no centro da figura.
rj05
imagem de satélite da região acima


SÃO PAULO
Litoral de SP, até a fronteira com o RJ.
sp01
Litoral de SP, a Capital e a grande São Paulo. Toda a área foi considerada insegura.
sp02
imagem de satélite da região acima